pieguice at Blog Ayrton Marcondes

Arquivo para ‘pieguice’ tag

Véspera de natal

escreva o seu comentário

Meu irmão mais velho celebrava a véspera de natal lembrando a grande mortandade de perus e galinhas. Festa para uns, desastre para outros – dizia. Mas, ao fazer essa afirmação não era ele movido por nenhuma convicção ou posição ideológica. De fato, meu irmão não tinha, pelo menos aparentemente, preocupações ecológicas e longe dele qualquer possibilidade de ser vegetariano. Ao contrário: era do tipo que ronda as cozinhas, informa-se sobre o andamento dos assados pelo odor que exalam e, na hora da ceia, não perdoa as boas carnes acompanhadas de outros acepipes da cozinha brasileira.

Mas, a véspera de natal é muito mais que o dia de destrinchar frangos. Trata-se de ocasião na qual as pessoas são tomadas pelo sentimento de fraternidade. Não importa que se acuse o natal de ter-se transformado num marco do consumismo; nem adianta protestar contra essa horrorosa obrigação de comprar presentes com data marcada, muitas vezes sem a menor vontade ou inspiração. Acima disso tudo fica o significado de um momento no qual, à revelia dos credos professados, os homens param e refletem, pelo menos um pouco, sobre o significado da vida, suas famílias, os modos de ser e assim por diante.

Há quem não goste do natal. As razões são muitas, começando, em alguns casos, pelas infâncias pobres que transformam o natal num dia de tristes recordações. Os solitários, aqueles que perderam entes amados, os que estão longe da família, esses e muitos outros em situações diversas talvez esperem que a noite de natal passe depressa, quem sabe dormindo o sono dos justos no momento em que as famílias estão ao redor das mesas para a tradicional ceia.

Mas, é às crianças que o dia de hoje pertence. De agora em diante - é manhã – começa para elas um período de contagem regressiva que só terminará quando a surpresa dos presentes for finalmente revelada. Esse, talvez, o lado mais bonito do dia, impresso em faces felizes que aguardam emocionadas o momento em que as famílias se reúnem e os pacotes são abertos

Véspera de natal! Os noticiários informam que, por decisão do STF, o médico acusado de estupro e atentado violento ao pudor contra ex-pacientes sairá da cadeia hoje; Michael Schumacher voltará a correr na fórmula 1 com um carro da Mercedes Benz; e o menino que teve mais de 50 agulhas introduzidas no seu corpo passa bem após mais uma cirurgia.

As notícias parecem distantes. É como se não quiséssemos ouvi-las. De repente, pouca coisa importa e o universo se encolhe aos limites das paredes das nossas casas. É esse lugar, o pequeno mundo que nos protege, o melhor entre todos para passar a noite de natal.

Não receie ser piegas: a ocasião não só pede como permite que sejamos pelo menos um pouco assim, afinal aproxima-se a noite de natal.